Pós-Luta

Publicado em 05 de Maio de 2017 às 22h:26

Yamaguchi arranca invencibilidade de Fitch facilmente

Foto do autor

Autor Daniel Leal

Brasileiro ganhou todos os dez rounds, segundo os jurados, quebrando a invencibilidade de dezenove combates do americano apontado por Roy Jones Jr. como o cara certo para testar o campeão Gennady Golovkin.  (Imagem: Golden Boy Promotions)

Foi um passeio. Esse é o resumo da vitória de Yamaguchi Falcão (13-0, 6 ko's) sobre o até então invicto Morgan Fitch (18-1-1, 8 ko's), agora à pouco, em Las Vegas. O brasileiro venceu facilmente o homem tido por Roy Jones Jr., exageradamente, como uma possível ameaça a Gennady “GGG” Golovkin.

Á exceção do primeiro assalto, Fitch não foi capaz de lidar com a velocidade e versatilidade do medalhista de bronze em Londres-2012. Tomou golpe atrás de golpe, ameaçando vez, ou outra, com uma direita. Muito me surpreenderam os escaltes internacionais, que apontavam diferença de 20 golpes á favor do americano ao final do 4º round. Eles se provaram invertidos. Os números finais demonstraram que Yamaguchi conectou mais que o dobro de vezes (157 a 71).

Com sua canhota e seu jogo de pernas, fez Morgan ficar perdido, e parecer um forasteiro dentro de seu país. Ao final dos 10 giros pactuados, minha marcação fora de 99-91. Os jurados, no entanto, apontaram unanimamente 100-90 para Falcão. Com este êxito “Guchi” deverá adentrar as primeiras dez ou quinze posições do ranking do Conselho Mundial de Boxe, quiçá seu nome apareça até mesmo nos tabelamentos de outras entidades.

O talento natural do capixaba é inegável. A mudança com sua esposa, Juliana, para os Estados Unidos, se confirmada, pode ser excelente para ele. Lá terá acesso, principalmente, a melhores parceiros de sparring, podendo se preparar para desafios maiores. O dom já nasceu com o atleta do Brasil, basta que ele faça o ajuste fino de seu jogo.

Após a noite de hoje, podemos ter mais confiança de que, se seguir subindo os degraus com parcimônia, mas com objetividade, Yamaguchi Falcão pode sim ser o próximo campeão mundial que nosso país tanto aguarda.

O confronto teve transmição, ao vivo, pela ESPN+.

Comentários